04/05/2016

Philip Schneider: O Homem que Matou 2 Ets


Philip Schneider foi um geólogo e militar do governo do Estados Unidos , que pertencia ao corpo de engenheiros do exército americano no qual realizavam projetos e construções de bases militares subterrâneas. Schneider viveu os últimos anos de sua vida correndo da morte, uma vez que o Departamento de inteligência dos EUA o procurou por assassinato, por vazamento de informações à luz considerada Top Secret .
Entre as informações liberadas por Phil há uma que parece algo retirado de filmes de ficção: Ele afirmou enquanto vivo que participou de uma batalha durante a obra de construção da base subterrânea em Dulce, Novo México (1979), onde morreram 66 soldados, incluindo os próprios agentes do Serviço Secreto dos EUA e do FBI. 
O confronto se deu com estes seres que se identificam como Grays altos, cujas características físicas são muito semelhantes àquelas comumente conhecido dos seres Reticulanos, com a particularidade de que sua altura é maior, e, segundo o testemunho narrado por Schneider um dos três sobreviventes do confronto, ele matou dois desses seres.
Durante o confronto com os aliens, Phil alega ter sido penetrado por uma espécie de laser disparado por uma arma o qual arrancou parte de sua mão ferindo também seu corpo.


Após 6 meses de ter revelado esta informação para o mundo foi encontrado em seu apartamento com uma corda de piano enrolado em volta de seu pescoço, de acordo com algumas fontes, foi brutalmente e repetidamente torturado antes da morte no dia 17 de janeiro de 1996. A mensagem do Phil é a de que os Aliens objetivam nos destruir e algumas raças de alienígenas nos veem como comida.


Postagens Populares

Destaque

Supostos Óvnis em Porto União - SC

Arnoldo Müller em vigília no bairro São Pedro de Porto União - SC, observou e fotografou em 15.10.16 às 18:00h a Foto 1 e às 21:00h a Foto ...

Promoção