11/04/2015

Anomalia pode ser nave mãe de 5.000 km


O pesquisador britânico Stephen Hannard apresentou esta imagem, que foi liberada a partir do Planetário de Brasília, mostra um objeto ou, pelo menos, um fração da terra de proporções enormes, em forma de disco, que ocorre acima da atmosfera da Terra. "Estima-se que o disco tem um diâmetro de cerca de 3.000 milhas (cerca de 5.000 quilômetros), e foi fotografado pelos astronautas na Estação Espacial Internacional.
"Se você olhar no canto inferior esquerdo da imagem pode ver uma formação de nuvens que passam sobre a parte superior da anomalia. Isso indica que o objeto não é uma projeção sobre a Terra. Eu não tenho nenhuma ideia do que seja esse objeto, só posso especular neste momento", disse Stephen Hannard. 

Postagens Populares

Destaque

Supostos Óvnis em Porto União - SC

Arnoldo Müller em vigília no bairro São Pedro de Porto União - SC, observou e fotografou em 15.10.16 às 18:00h a Foto 1 e às 21:00h a Foto ...

Promoção